Porto Alegre - Barcelona

4. Barcelona

Porto Alegre & Barcelona (em breve) | Português | Catalá……..

A Cidade é o nosso principal campo de atuação. Mas a Cidade deve não apenas conhecer seus problemas internos e suas necessidades, mas também se inserir em uma rede mais ampla de cidades, constituindo redes, que podem ser locais, regionais e nacionais. A noção de uma colaboração entre cidadãos, essencial ao conceito de inovação social, deve se estender à noção de colaboração entre cidades.

Cooperação internacional descentralizada

No entanto, além de redes nacionais, é especialmente importante a criação de relações internacionais com cidades em outros países. As trocas e intercâmbios internacionais podem gerar benefícios mútuos para as cidades conectadas, criando uma comunidade maior, baseada no princípio da colaboração.

A cooperação internacional descentralizada poderia definir-se como:

um conjunto de ações promovido por atores subnacionais, dentre eles os governos não-centrais, para estabelecerem relações com entidades internacionais, independentemente de Estado central e a partir dos seus interesses locais. Ou seja, trata-se de uma política externa sub-nacional com atores internacionais, sejam estes governos centrais, organizações internacionais, empresas privadas, ou outros entes federados, etc.

Desde a década de 1990 este tipo de relações entre cidades vem tendo um aumento crescente, tanto em relações bilaterais, como os acordos de geminação (cidades-irmãs) e os acordos de cooperação técnica, como em relações multilaterais, principalmente através de redes de cidades. Em 1996 duas redes internacionais foram criadas, Mercocidades, no âmbito do processo de integração do Mercosul, e a URB-AL, criada em 1995 pela Comissão Europeia para uma conexão inter-regional com a América Latina. A rede Cidades e Governo Locais Unidos (CGLU) é a maior do mundo com cidades dos cinco continentes.

Mercocidades é composta por 261 cidades membros da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Bolívia, Chile e Peru.

Devido a um passado de relacionamentos pessoais e institucionais com Barcelona, estabelecemos esta cidade como nosso ponto de inserção internacional, de modo a levar Porto Alegre para a Catalunha e trazer Barcelona para o Rio Grande do Sul.

Porto Alegre - Barcelona

Barcelona atualmente é uma cidade contemporânea e cosmopolita, com 1.621.537 habitantes em sua área metropolitana, mas que sofreu uma grande transformação nos últimos 35 anos, a partir de um megaevento, os Jogos Olímpicos de 1992. Apesar de não ser a capital da Espanha, conseguiu uma grande projeção internacional a partir desse evento e soube aproveitar e desenvolver sua identidade internacional.

É uma transformação parecida que queremos para Porto Alegre. O Brasil sediará em 2016 os primeiros Jogos Olímpicos na América do Sul e Porto Alegre está dentro desse contexto maior, além de ter sido uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Temos condições de ganhar maior visibilidade internacional e ao mesmo tempo aprender da experiência internacional de cidades como Barcelona.

Castellers diante da Sagrada Familia

Castellers diante da Sagrada Familia

Catalunha é uma comunidade autônoma diferenciada dentro da Espanha, com língua e cultura próprias, o que lhe dá uma identidade muito particular. É um povo sério e orgulhoso de suas tradições, mas que busca constantemente a inovação. Rio Grande do Sul é também uma região diferenciada dentro da cultura nacional brasileira e com a peculiaridade de ser ponto de contato com países hispânicos, como Uruguai e Argentina, com os quais compartilhamos tradições gaúchas muito similares, além da proximidade física natural.

Porto Alegre e o Rio Grande do Sul tem muito a aprender de um maior relacionamento com Barcelona e Catalunha, principalmente em muitos dos pontos que são objeto de nossa ação de design e inovação social, como turismo, patrimônio histórico, economia criativa, urbanização e ocupação do espaço público pelos cidadãos, educação, saúde, políticas culturais, etc.

Âmbito geográfico
Temos o objetivo especial de desenvolver ações econômicas, sociais e culturais nestas duas cidades, produzindo serviços para clientes, mas, sobretudo, procurando uma maior relação e integração entre Porto Alegre e Barcelona e sua área metropolitana, onde se localizam os núcleos das nossas atividades, estendendo-se para uma maior aproximação entre Rio Grande do Sul e Catalunha, incluindo os demais Países Catalães (Països Catalans) na Espanha, País Valenciano e Ilhas Baleares, e a Região Sul, no Brasil.

Áreas de atuação de UrbsNova no Brasil e Espanha – C

Um passado de relações com Barcelona
Temos  um passado de relações familiares e pessoais com Barcelona, já antes da criação de UrbsNova. Primeiramente por sermos de descendência catalã, de Barcelona. Em segundo lugar, por uma vivência de três anos em Barcelona, a partir de 2007.

Em 2009 organizamos em Barcelona a Conmemoración Barcelona – Río 2016, festejando a escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos, reunindo centenas de participantes pelas ruas da cidade.

Comemoração Barcelona – Rio 2016 chega até a Estátua de Colombo, no final das Ramblas, em frente ao porto antigo de Barcelona.

Fotos da comemoração com mais de 400 brasileiros e estrangeiros.

A partir de 2010, administramos já em Porto Alegre, o grupo Movimento Quero Cais, no Facebook, que apoia o projeto de Revitalização do Cais Mauá, do arquiteto espanhol Fermín Vázquez, sócio proprietário do Escritório b720, cuja sede se encontra em Barcelona. No consórcio de empresas espanholas que ganhou a licitação para esse importante projeto em Porto Alegre, está a frente Gestió i Serveis (GiS), de Barcelona, cujo presidente é Josep Munné. Munné revitalizou o antigo Porto de Barcelona para os Jogos Olímpicos de 1992. Gestió i Serveis atualmente administra o World Trade Center de Barcelona.

World Trade Center Barcelona (administrado por Gestió i Serveis)

O projeto de Revitalização do Cais Mauá, que tem na direção uma empresa sediada em Barcelona, Gestió i Serveis, e como escritório de arquitetura responsável pelo projeto, o Escritório b720, de Fermín Vázquez, também sediado em Barcelona, é no momento o principal vínculo econômico entre as duas cidades.

Projeto de Revitalização do Cais Mauá – Porto Alegre

Em 2011 criamos o grupo Porto Alegre & Barcelona, no facebook, que procura conectar pessoas que tem vínculos sociais, familiares, educacionais ou profissionais com as duas cidades e com Catalunha em geral e Rio Grande do Sul. O grupo é aberto a todos os interessados nessa relação.

http://www.facebook.com/groups/poabcn/

Grupo Porto Alegre & Barcelona no Facebook

No segundo semestre de 2011, colaboramos com a Coordenadoria de Relações Internacionais, da Secretaria Municipal de Coordenação Política e Governança Local (SMGL), para preparar a apresentação do Projeto de Revitalização do Cais Mauá durante o 10º Congresso da Rede Metropolis, que se realizou em Porto Alegre, em novembro de 2011 (ver abaixo). Foi organizada uma visita técnica para os congressistas, a bordo do Barco Cisne Branco, ao longo de todo o Cais Mauá, orientado pelo arquiteto espanhol Fermín Vázquez, autor do projeto.

Fermin Vazquez e Daniely Votto

Arquiteto Fermin Vazquez, do Estudio b720, e Daniely Votto, da Coordenadoria de Relações Internacionais – Prefeitura de Porto Alegre. Visita técnica do 10º Congresso Metropolis ao Cais Mauá

Congresso Metropolis – Visita técnica ao Cais Mauá

Em 2012 organizamos dois eventos em Porto Alegre, aproveitando a presença de Pere Álvaro, diretor do Estudio Bisdixit, empresa sediada em Barcelona, especializada em comunicação gráfica e muito especificamente no campo da cultura.
Informações sobre Pere Álvaro e Estudio Bisdixit


Palestra O Design da Cultura vs. A Cultura do Design
Local: Instituto Cervantes de Porto Alegre
Pere Álvaro apresentou e comentou sua experiência no trabalho com seus clientes, grande parte publicada no livro Visualizing Culture.

…..


Mesa redonda Design, Cultura e Cidade
Local: Espaço gastronômico Xavier260 – Cuina Catalana
Organização: StudioClio – Instituto de Arte & Humanismo
Com Pere Álvaro, do Estudio Bisdixit de Barcelona,  profa. Dra. Paula Ramos,  arq. Luiz Antônio Custódio,  prof. Dr. Francisco Marshall.

Dentro do projeto Distrito C – Distrito Criativo de Porto Alegre, desenvolvido a partir de 2013, fizemos uma análise das relações entre Porto Alegre e Barcelona, do ponto de vista de novas utilizações de suas antigas zonas industriais, como o 4º Distrito e o Poblenou.
Acesse aqui o texto em espanhol: Distritos de Inovação e Criação.

Em março de 2014, realizamos o Walking Gallery Porto Alegre – Barcelona. Neste evento, cerca de 50 artistas levaram suas obras pelas ruas do Distrito Criativo de Porto Alegre, conforme o vídeo abaixo.

Quando terminou o evento em Porto Alegre, a tarde, os artistas espanhóis levaram suas obras, saindo da Praça Catalunha e descendo pelas Ramblas.

10152461_10152051190277155_300864866_n

59786_10152051184522155_1211496293_n

1534368_10152051184182155_1638267153_n

1977426_10152051185897155_787345359_n


Porto Alegre & Barcelona

Atualmente existem muitas relações culturais, institucionais e econômicas entre Porto Alegre e Barcelona. É significativo que vários catalães e pessoas que desenvolvem seu trabalho na Catalunha tenham visitado a cidade recentemente, como estes, durante 2011:

Silvia Subirós, documentarista (maio), Antoni Remesar, coordenador do Doutorado Espaço Público e Regeneração Urbana: Arte, Teoria, Conservação do Patrimônio, da Universidade de Barcelona, arquiteto Josep Maria Serra Majem, Diretor Editor e de Produto da Santa & Cole, Consultor de Elementos e Espaços Urbanos-Barcelona,  arquiteta María Luisa Aguado Martínez, chilena, chefe do Departamento de Arquitetura e Projetos Urbanos da Cidade de Barcelona (agosto), violoncelistas Marta Roma e Iñaki Etxepare (setembro), Jordi Pascual, Coordenador de Agenda 21 da Cultura-Comissão de Cultura de CGLU, e Alfons Martinell (video-conferência), Cátedra UNESCO da Universidad de Girona (outubro). Também o prefeito de Barcelona, Xavier Trias, o Coordenador de  Relações Institucionais da Área Metropolitana de Barcelona (AMB) Juan Miguel Roca Cueto, o diretor de infraestruturas de 22@, o bairro tecnológico de Barcelona, Ramon Sagarra, o ex-prefeito de Barcelona, Joan Clos,  atual Diretor Executivo da ONU-Habitat; Josep Roig, então Secretário Geral da organização Cidades e Governos Locais Unidos, Presidente do Comitê Executivo de Cities Alliance; arquitetos Fermín Vázquez e Francesc de Fuentes, do escritório de arquitetura b720, de Barcelona, Josep Munné, presidente de Gestió i Serveis e presidente do Conselho do Consórcio Cais Mauá, Xavier Garcia Puerto,  diretor de REC Festival Internacional de Cinema de Tarragona, arquiteto e urbanista Pau Millet (novembro).

Por outro lado, Porto Alegre já participa de redes internacionais onde a cidade de Barcelona tem um destacado papel, por ser sua sede, ou participar de forma direta na sua organização, como as seguintes:

CGLU – Rede Mundial de Cidades, Governos Locais e Regionais, ou Cidades e Governos Locais Unidos (“Cidades Unidas”)
CGLU se coloca como porta-voz de todos os tipos de governos locais – qualquer que seja o tamanho das comunidades às quais servem -, representando e defendendo seus interesses no plano global. O Secretário Mundial desde 2011 é o catalão Josep Roig, e a sede da secretaria mundial se localiza em Barcelona.

Agenda 21 da Cultura
A Agenda 21 da Cultura é o primeiro documento, com vocação mundial, que aposta por estabelecer as bases de um compromisso das cidades e dos governos locais para o desenvolvimento cultural. Foi aprovada em 2004, em Barcelona, pelo IV Fórum de Autoridades Locais pela Inclusão Social de Porto Alegre, no marco do primeiro Fórum Universal das Culturas. A organização mundial Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU) adotou a Agenda 21 da Cultura como um documento de referência dos seus programas em cultura e assumiu um papel de coordenação do processo posterior à sua aprovação, criando um grupo de trabalho especial para a Agenda 21. Porto Alegre é cidade signatária do documento. O Comitê de Cultura de CGLU está sediado no Institut de Cultura, da Prefeitura de Barcelona.

Rede Metropolis
A Associação Mundial de Metrópoles, reúne cidades com mais de 1 milhão de habitantes. Está representada por mais de 120 membros de todo o mundo e opera como fórum internacional para explorar temas e inquietudes comuns a todas as grandes cidades e regiões metropolitanas. Foi criada em 1985 e a sede da Secretaria Geral Permanente é em Barcelona. Josep Roig, catalão, foi o anterior secretário executivo, tendo terminado sua gestão justamente no 10º Congresso da Rede Metropolis, realizado em Porto Alegre, em novembro de 2011. Neste mesmo congresso esteve em Porto Alegre o prefeito de Barcelona, Xavier Trias, que passou a ocupar o cargo de Primeiro Vice-presidente Executivo, o segundo na hierarquia da organização.
Metropolis também administra a seção metropolitana de CGLU.

Asociación Internacional de Ciudades Educadoras – AICE
Cidades Educadoras se iniciou como movimento em 1990, a partir do I Congresso Internacional de Cidades Educadoras, celebrado em Barcelona. AICE promove a educação e o desenvolvimento pessoal e coletivo de todos os habitantes das cidades e em todos os ámbitos.
Ciudades Educadoras América Latina foi parte do Comitê Organizador da III edição do Foro Mundial de Educación (FME), realizado em Porto Alegre,  de 28 a 31 de julho de 2004.
Em 2014 o congresso internacional foi em Barcelona (Porto Alegre se candidatou também).
A Presidência e o Secretariado de Cidades Educadoras se localizam em Barcelona.

Por todas essas razões, consideramos estratégica a cooperação internacional entre Porto Alegre e Barcelona, e por isso criamos em 2012 UrbsNova Porto Alegre – Barcelona, Agência de Design Social, com uma página no facebook.

Em 2015 UrbsNova viajou a Barcelona para conhecer o bairro Poblenou, onde desde 2000 foi criado o Distrito de Inovação 22@Barcelona. Visitamos o 22@ Networking, várias fábricas de criação, o Poblenou Urban District e vários arquitetos que participaram do projeto inicial do 22@. Mantivemos contato com Josep Piqué, que foi convidado a conhecer pessoalmente o Distrito C em Porto Alegre, o que aconteceu em outubro de 2015.

O projeto de revitalização do Poblenou pode ser usado como modelo para as ações no 4º Distrito de Porto Alegre.

Parte de nosso trabalho de criar uma conexão mais estreita entre as duas cidades é a divulgação de vários aspectos que ligaram Porto Alegre e Barcelona no passado e também suas atuais relações, mas que são em geral desconhecidos do público mais amplo. Por esse motivo, criamos a Página Porto Alegre & Barcelona (em breve), que reunirá todas essas notícias.

Páginas relacionadas a Barcelona, criadas por UrbsNova ou seus projetos.

Distritos de Innovación y Creación: 22@ y Distrito C

Walking Gallery Porto Alegre – Barcelona no Distrito C
Fotos dos eventos em Porto Alegre e Barcelona.

Josep Piqué fala sobre o Distrito Criativo
Visita do catalão Josep Piqué a Porto Alegre e sua palestra na Câmara de Vereadores sobre p 22@.

Equipamentos urbanos no Poblenou
Biblioteca, Centro Cívico, Mercado Público no bairro Poblenou, onde está o 22@.

As Fábricas de Criação de Barcelona
Conheça algumas das Fábricas de Creación, de Barcelona.

Porto Alegre & Barcelona by Vick Fichtner

UrbsNova | Agência de Design Social
Visite e curta nossa page no facebook