Solstício na Praça Julio de Castilhos

Texto da matéria Leitor Repórter: Solstício na Praça Julio de Castilhos, por Jorge Piqué, em ZH Moinhos, 02 de janeiro de 2014.

No último sábado, dia 21 de dezembro, foi o solstício de verão de 2013, o dia mais longo do ano. Poucas pessoas sabem, mas no piso da Praça Julio de Castilhos existe uma interferência urbana, a obra Tempo e Espaço (1997), da escultora Claudia Stern. Nela existe uma linha onde estão marcados os dois equinócios e os dois solstícios anuais, com suas respectivas datas.

Recentemente foi apresentado o Projeto Passeio Independência, cujo objetivo é a requalificação urbana do eixo da Av. Independência, entre as praças Dom Sebastião e Julio de Castilhos, enfatizando a importância de seu patrimônio histórico e a necessidade da recuperação de sua identidade própria.  Por isso, aproveitamos essa conjugação única de tempo e espaço, a data especial do solstício de verão, no último sábado, e a localização especial de sua marca, no chão da Praça Julio de Castilhos, para reunir informalmente as pessoas  e celebrar o patrimônio que ainda temos e pensar coletivamente em um futuro melhor para essa importante via da cidade.

O Projeto Passeio Independência  foi lançado na sua forma atual em 2013 e foi apresentado no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA) e para a Secretaria de Cultura e comunidade do bairro, no Museu de História da Medicina.  Além do evento Solstício na Praça | 21 -12, organizamos uma Caminhada pela História, ao longo da Av. Independência, no dia 8 de dezembro, apresentando seu patrimônio historicista e modernista, e que será repetida em 2014, além de outras ações com a comunidade.

O projeto é uma co-criação de Reviver Independência, UrbsNova – Agência de Inovação SocialURBANA Arquitetura e Studio 1 Arquitetura.

Informações: https://urbsnova.wordpress.com/passeio-independencia/

Participe no facebook:  https://www.facebook.com/pages/Projeto-Passeio-Independência/241194412708376

Praça Julio de Castilhos

Esse logradouro recém começava a existir quando foi proclamada a República, e, como outros logradouros da cidade, foi espontaneamente denominado pelo povo, em homenagem aos líderes republicanos de maior destaque na época. Sem um ato específico para sua denominação, já se falava em Praça Júlio de Castilhos em 1890, de acordo com o livro Porto Alegre: Guia Histórico, de Sérgio da Costa Franco: “Em seu relatório de 08/07/1891, a Cia. Hidráulica Guaibense expõe que, não lhe convindo, por então, o assentamento de encanamentos nas proximidades do reservatório Mostardeiro, em consequência do pequeno número de habitações existentes, colocara na ‘Praça Júlio de Castilhos’ uma torneira para gozo provisório e gratuito dos moradores”, informa a obra do historiador.

Entre 1894 e 1907 a praça recebe melhorias e ganha a sua forma básica atual. Nas primeiras décadas do séc. XX grandes mansões são construídas no entorno da praça, parecidas às que ainda podemos encontrar nas avenidas Independência e Mostardeiro.

A partir dos anos 40 e 50, começa a construção de edifícios coletivos, a moderna forma de morar, substituindo as belas mansões da burguesia porto-alegrense, e que caracterizam o ambiente atual da praça. Graças à adoção pelo Hospital Moinhos de Vento, desde 1997, os jardins da praça têm recebido cuidados permanentes.

Matéria em ZH Moinhos (02/01/2014). Clique para ampliar.

Solstício na Praça Julio de Castilhos (ZH Moinhos, 02/01/2014). Clique para ampliar.

Matéria Solstício na Praça Julio de Castilhos (ZH Moinhos, 02/01/2014). Clique para ampliar.

Estiveram presentes no evento Solstício de Verão os promotores do Projeto Passeio Independência Marilia Costa Cardoso, do Reviver Independência, Jorge Piqué, da agência UrbsNova Porto Alegre – Barcelona, e o arq. Lucas Volpatto, do Studio 1 Arquitetura, além da presença de apoiadores, como a arq. Silvia Corrêa, de Helena Endo e Fernando Kokubun, que fizeram as fotos, de Marc Weiss, CEO da ong Global Urban Development – GUD, Nancy Sedmak-Weiss, e Andréia Marin Martins, presidente do IDEST – Instituto de Desenvolvimento Sustentável.

No final do evento Jorge Piqué, Marilia Cardoso e Lucas Volpatto deram um depoimento em vídeo sobre o Projeto Passeio Independência para o documentário que Kátia SumanEduardo André Viamonte realizam sobre a mobilização e ocupação de espaços públicos em Porto Alegre.

Fotos do Evento

A beleza tranquila da Praça Julio de Castilhos, no final de tarde do solstício de verão.

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

FernandoKokubun2

Alguns dos participantes no evento. Da esquerda para a direita, Marilia Costa Cardoso (Reviver Independência), arq. Silvia Corrêa, Jorge Piqué (UrbsNova), Marc Weiss (Global Urban Development), Nancy Sedmak-Weiss, Andréia Marin Martins (IDEST – Instituto de Desenvolvimento Sustentável), Helena Endo e Lucas Volpato (Studio 1 Arquitetura). Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

A indicação do solstício de verão no chão de pedra portuguesa da praça.

Marca do solstício de verão, na obra Tempo e Espaço (1997), da escultora Claudia Stern. Foto: Helena Endo

Marca do solstício de verão, na obra Tempo e Espaço (1997), da escultora Claudia Stern. Foto: Helena Endo

Marca do solstício de verão, na obra Tempo e Espaço (1997), da escultora Claudia Stern. Foto: Jorge Piqué

Marca do solstício de verão, na obra Tempo e Espaço (1997), da escultora Claudia Stern. Foto: Jorge Piqué

O entardecer do dia mais longo do ano sobre a Praça Julio de Castilhos.

O Sol se pondo sobre a Av. Independência, no solstício de verão. Foto: Jorge Piqué

O Sol se pondo sobre a Av. Independência, no solstício de verão. Foto: Jorge Piqué

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

As contradições do ambiente urbano nas grandes cidades.

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Anoitecer na Praça

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Gravação do documentário

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Helena Endo

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Solstício na Praça. Foto Fernando Kokubun

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s